Projeto "Pensamentos"

28 de Abril
Ultimamente não tenho pensado muito em consequências, para mim, o que vale é o agora. Mesmo eu sabendo que tudo que faço, como por exemplo deixar de me matar nos estudos irá fazer as minhas notas caírem um pouco. Mas do que vale notas perfeitas se eu mesma não for feliz? O que vale um futuro bem planejado se eu não terei lembranças boas para contar para as pessoas no meu futuro? Eu era infeliz e não tinha tantos amigos, mas vivia cercada de boas notas. Se eu quero voltar lá e ter aquelas notas boas novamente? Não quero, pois não quero abandonar todos os meus amigos e voltar a ser aquela garota boba. Hoje a minha pedagoga veio me "intimar" para conversar com ela, e eu fui. Ela me contou que os meus professores viram que eu mudei e que não sou mais tão esforçada, mesmo ainda sendo, minhas notas são bem acima da média. Me falou de futuro e tantas outras coisas, que uma coisa leva a outra e que se eu tenho um sonho eu devo me esforçar (estudar) para garantir que ele seja real um dia. Eu pensei, concordei com ela, eu sim irei melhorar na aula, não conversarei tanto na hora de fazer as lições mas nunca voltarei a ser aquela guria tímida que tinha horror a escola, porque lá se sentia excluída. Eu sou feliz agora, converso com muitas pessoas, não tenho medo de falar em voz alta, nem nada. Eu me superei, eu consegui ser o que eu sempre quis ser. Mesmo que para uns seja o modo errado, para mim este é o modo certo de ser feliz [...].
03 De Maio
Simplesmente a unica coisa que me vem a mente agora é o porque de todos serem tão reprimidos do seu eu verdadeiro. Uma mãe que sempre diz não ao filho, se espelha na sociedade para cuidar do tal e ainda se importa com o que os outros falam do seu modo de criar o seu filho. Um absurdo pessoas ainda falarem que tudo se resolve no chinelo (batendo), porque né, sejamos realistas, ninguém aprende alguma coisa ou começa a respeitar tal pessoa porque sofreu. Hoje eu fiquei pensando nisso porque a minha família esta praticamente todo dia discutindo comigo, sobre meu comportamento, meu jeito de conversar, falar, me divertir, o jeito que eu achei de ser alegre. Minha mãe não me fala um sim quando eu digo o que eu quero fazer, minha avó e tia se importam o dia inteiro com o que falam por ai e parece que querem me obrigar a ser de um jeito perfeito, que não existe, mas é o único jeito da pessoas deixarem de cuidar da minha vida na visão delas. Poxa, as pessoas vivem a vida delas de um jeito tão ruim para precisar cuidar da dos outros? Para interferir na felicidade alheia? Ninguém nesse mundo é capaz de perguntar qual o motivo do meu sorriso hoje, ninguém é capaz de perguntar porque eu escolhi esse jeito de ser feliz e se tem algo para mudar não sou eu, e sim é modo dessa pessoas pensarem, de agirem, de se comportarem, ninguém é feliz tirando a felicidade dos outros, mas são felizes fazendo parte dessa felicidade, então ao invés de falar mal dessas pessoas, curtam elas, se divertam com elas, se tornem pessoas felizes ao invés de sair julgando atoa por ai.
03 De Junho
Eu me lembro bem do primeiro ano na minha nova escola (ou o meu primeiro ano), foi tudo tão confuso, chato e triste... de certa forma. Eu ficava quieta a tarde toda, e quando chegava em casa botava um sorriso no rosto para disfarçar e claro, fazer pensarem que estava tudo otimo. É, eu sou tímida a este ponto. Mas claro, tudo muda, as pessoas sempre mudam e tudo que acontece de ruim é para melhorar! Não é esse o ditado?

Eu já disse isso antes, mas irei repetir: eu era fechada e me abri, isso tudo depois das férias. Talvez eu tenha acostumado ou talvez eu só tenha parado de achar que eu não sou capaz. E ontem, quando um menino voltou a estudar ali na escola, eu voltei a pensar nisso tudo. Eu vi que não era questão de ter vergonha de alguém e sim questão de eu nunca soltar a minha voz e isso é algo bem idiota, pois ninguém vai achar ruim e se achar, temos que aprender a próprio nos defender.
04 De Junho
Corte o que te prende ao passado, o que te faz mal, o que não lhe possibilita mudar e conquistar os seus sonhos. Largue pessoas que te fazem chorar e não se apague a ninguém, arranje um jeito seu de lhe fazer sorrir, até porque ninguém precisa de ninguém para ser feliz... Não digo pelas amizades, porque, qual é o sentido da vida se não tivermos amigos para alegra-la nos piores momentos? Mas sempre mude o roteiro, não tenha medo de mudar, porque quem não muda, nunca conhece caminhos novos e se prende a uma realidade só.
17 De Junho
Aprendi e ainda tenho muito a aprender com a vida, mas uma das melhores lições foi a que eu posso conquistar tudo aquilo que eu quero, só basta se dedicar no que você deseja. Outra foi que eu não preciso de ninguém para ser feliz, mas ter pessoas que te fazem feliz ao seu lado... é mais do que perfeito, mais do que aceitável, mais do que preciso. É necessário! E pensando nisso que eu falei eu acabei me conhecendo um pouquinho mais, cheguei a conclusão que eu amo ficar sozinha mas eu odeio me sentir sozinha.
26 De Agosto
Passou bastante tempo e eu não apareci por aqui relatando os meus pensamentos... talvez nesse tempo eu tenha mudado muito. Acho que a primeira coisa foi eu ter voltado a ter mais contato e fé em Deus, e isso eu tenho muito orgulho... isso faltava muito dentro de mim, a falta que a fé fazia. Outra coisa foi que eu estou parando com aquela mania de guardar tudo para mim, eu falo o que preciso com as minhas amigas e não tenho medo de falar como antes eu tinha. Sabem quando eu dizia que eu precisava de um tempo para mim só e ficar sozinha era legal para mim? Isso não faz mais sentido hoje. Eu tenho que ter as pessoas do meu lado :3 Minhas amizades me fazem ter voz, e ter voz é aquilo que eu preciso ter... pra quando eu não tiver essas pessoas perto de mim, pelo menos eu ter a voz que eu precisava. Ai guris, a gente precisa evoluir e todos sabem disso, mas não é só querendo, é deixando o tempo fazer de você quem tu é hoje. Eu acho que tu ta planejado para a gente, o nosso destino é ser feliz. 
16 De Outubro
Eu entrei em um relacionamento a um mês e desde então tudo tinha virado um inferno... Eram tantas brigas com a minha mãe, irmão, tia, avó que eu não tinha mais tempo para o blog e parei de me esforçar para mantem isso tudo que eu conquistei em dois anos de blog. As visualizações caíram, os comentários também e com certeza isso foi muito relaxo da minha parte... Mas eu não tô aqui para falar disso. Eu sei que o relacionamento com o menino me trazia a paz que quando eu chegava em casa todos me tiravam. 

Aconteceu que minha mãe cansou de tanto brigar e resolveu aceitar isso. E hoje ele veio na minha casa. Entre tantos "eu te amo" entre cada beijo eu vi que aquilo era a melhor coisa que tinha acontecido em 2016, e que apesar de todas as brigas, ta valendo a pena. 

A gente complica as coisas né gente? É tão simples sentam na mesa e conversar, resolver tudo que esta nos fazendo mal. Mas a gente insiste no erro de fazer tudo errado, de brigar, de discutir, de fazer tudo acabar mal. Talvez eu tenha me encontrado e não queira mais sair do lugar maravilhoso que eu me encontrei, mas seguimos com os pés no chão... porque para quem já ta acostumada com tudo dando errado, é sempre difícil confiar que vai dar tudo certo no final.
04 De Novembro
Hoje eu acordei pensando que o dia não ia ser o melhor, depois de quase dois meses com um menino eu achei uma atitude dele boba e infantil (mesmo ele tendo todo o direito de ser infantil, até porque a idade é pouca) nele e estava pensando em falar com ele sobre isso.. Então na segunda aula eu decidi ir falar com ele e o menino chorou no meu ombro me falando que ele não queria me perder. Eu perdoei ele e tudo ficou numa boa. No intervalo ele me pediu em namoro oficialmente e eu aceitei. Naquele segundo eu pensei em mil coisas mas percebi o quanto ele me fazia bem, e mesmo as vezes algumas coisas "ruins" acontecendo é ele que sempre fica do meu lado querendo o meu bem.

Agora esse menina romântica e boba vai ter uma história para contar, que eu possa sentir e viver para escrever e ter o orgulho de falar que é verdadeiro, que tem uma pessoa por trás de cada frase. Eu espero não me iludir, porque ninguém é capaz de saber o dia de amanhã, mas por enquanto é o presente que importa e faz tempo que eu me esforço para pensar assim. Talvez tudo que esteja acontecendo de ruim seja para manter eu e ele próximos, porque toda vez que acontece algo para nos impedir de ficar juntos, algo junta a gente mais ainda.

27 De Janeiro

Esse ano eu tinha quase certeza que não seria bom, na minha cabeça seriam vários motivos para deixarem esse ano ruim, tais como o meu namorado mudar de sala e a gente só poder se ver em alguns minutos no recreio e todas as minhas amigas mudarem de colégio. Mas não foi bem assim, eu comecei a pensar positivamente, por exemplo, comecei a perceber que não era a pior coisa do mundo ver o meu namorado menos tempo do que eu estou acostumada. E para me ajudar bem mais, ontem eu recebi a noticia que uma das minhas amigas vai continuar no colégio, o que é extremamente bom para mim. E talvez a questão seja essa, quando a gente vê tudo sendo pessimista as coisas nunca vão conseguir se ajeitar. Mas quando somos otimistas tudo dá um jeito de dar certo e se ajeitar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Enquanto você for quem os outros querem que você seja, você não será ninguém. Então tenha atitude, seja você mesmo, tenha coragem e forme sua própria opinião.

Agora sim, comente a vontade!